Feliz Aniversário!

Ontem deveria ter sido um dia ensolarado, com muitas visitas, talvez, presentes, enfim um dia de muita festividade. 8 de junho de 2008, meu aniversário, e eu acordei às 6:50 A.M para variar, espirrando, com uma forte crise de rinite, tudo isso porquê??? Estava caindo uma chuva tremenda, e nada melhor do que uma drástica mudança de temperatura para me fazer espirrar. Meu dia definitivamente não estava começando bem.

Mas, sempre há uma segunda chance. Assim, me levantei e fui em direção a cozinha onde ouvi barulho de panelas batendo – isso siginficava: minha avó já estava de pé -quando cheguei lá ela disse:

“É melhor você ir dormir!”

Então me dei uma segunda chance e voltei para a cama, e passei 55 min rolando de um lado para o outro SEM PREGAR O OLHO. Depois de não saber mais o que fazer, me levantei de novo e fui para o quarto da minha vó. A chuva parecia só engrossar…

Entretanto, “tudo coopera para o bem…”, é importante que vocês saibam que, diferente dos outros anos eu não estava muuuuuuiiiitttooo empolgada com meu aniversário, na realidade tinha feito até planos para fazer alguns programas sozinha ¬¬ E assim que acordei tive mais vontade ainda de ficar só, o dia definitivamente não estava para mim até…

Às 09:00 a.m. quando minhas BESTS chegaram lá em casa, com uma cesta de café da manhã. Não sei se elas fizeram de propósito, mas, a cesta teve um significado muito especial para mim, foi o melhor breakfast dos últimos 5 anos. Sempre houveram grandes acontecimentos nos meus aniversários, esse ano Deus resolveu me fazer desfrutar de pequenas e marcantes sensações. O café da manhã não foi pequeno não, todavia, Deus separou aquelas três meninas para irem lá, se fossem outras não seria a mesma coisa, foi uma pequena visita com grande significado.

Despois disso, minha amigas foram embora eu fiquei sozinha até mais ou menos 13:00, e apenas uma coisa me passava pela mente, qual seria o presente que Deus irá me dar esse ano… Tive um almoço como todos os outros-será?-, com uma única diferença: eu estava em família. Creio que nunca amei tanto minha Tia e minha Avó como naquele dia, e que durou até hoje. Carinhos, brincadeiras, músicas engraçadas, piadas e etc. Não, esse não foi uma almoço qualquer.

Algumas pessoas sempre me acharam forte e invencível, infelizmente elas tomaram essas conclusões pelo motivo errado. Mas, o que vale é a intenção. Não obstante, depois de 19 anos encontrei alguém que me achasse forte e invencível, na realidade uma heroína, por um motivo autêntico. Às 15:00 recebi uma ligação de uma família que me espera do outro lado do continente, eles estavam todos muito entusiasmados com meu aniversário. Até que por fim, passaram o telefone para meu dois “little bro’ and sis’” e pediram para eles me dizerem alguma coisa… Meu pequeno bro’ disse:

“Carol, are you coming soon?”(Carol, você já está vindo?)

Tentei explicar que ainda faltavam 4 semanas, então, ele perguntou para mãe:

“Mommy, is it many days?”(Mãe, isso são muitos dias?)

Sua ansiedade era incontrolável, era perceptível para qualquer um, até que veio a pergunta final:

“Carol, are you coming flying?”(Carol você vai vir voando?)

Não pensem que ele estava se referindo ao avião. Não, ele realmente acha que eu vou para lá voando. Para ele, alguem ir do Brasil para um outro país, morar com pessoas desconhecidas, um lugar tão distante que não dá para ir andando, de carro ou bicicleta, é algo fantástico, por isso ele acha que sou uma heroína e que preciso de uma capa como a do Super Man para me ajudar a voar.

Confesso que quase chorei ao telefone, mas agora sou uma menina de quase 20 anos… preciso me aguentar. Ainda faltava minha “little princess”, ela disse que havia preparado várias brincadeiras e histórias para gente, e acrescentou:

“Carol, please come soon. I can’t wait to see you Snow White”(Carol, por favor venha logo. Eu não posso esperar pra te ver Branca de Neve.)

De heroína passei a princesa. No resto do dia a chuva piorou, as ruas ficaram inacessíveis. Ninguém saía de casa. Mas, duas pessoas muito especiais ainda tiveram coragem de vir me ver. Minha tarde foi muito melhor apenas pela presença de vocês.

Não, o dia não foi ensolarado, mas chuvoso. Me perdoe Clarice Lispector, mas acho que quando EU choro chove, na realidade quando meu coração chora. Chorei ontem o dia inteiro de alegria, pelas pessoas que Deus colocou em minha vida, pela família linda que ele me deu, pelo amor sincero e ingênuo de duas crianças que nunca me viram. E eu só tenho 19 anos. Em tão pouco tempo, ganhei o que uma vida inteira no mundo não poderia me oferecer.

Copyright © Caroline Oliveira – Todos os direitos reservados

Advertisements

2 Responses to “Feliz Aniversário!”


  1. 1 Theresa June 10, 2008 at 12:35 pm

    Fantástico!
    Ler algo que você presenciou é zilhões de vezes mais mágico do que somente ler ou escutar.

    (…)

    Eu estava lendo aqui e lembrando das coisas que nós tbem tínhamos planejado para esse dia! ^^
    Como Deus é mais criativo, Ele mudou nossos planos e transformou seu dia nesse 08 de Junho de 2008.

    Te amo!

  2. 2 Lízia June 10, 2008 at 4:08 pm

    Menina moça msm hein? O Senhor tem te dado a oportunidade de vivenciar tanto os baixos como os altos de uma montanha russa. Ora a emoção juvenil da queda, ora a calmaria adulta de uma reta, que no entanto antecede outra queda 😛

    Sou mto privilegiada de estar com vc no carrinho dessa montanha russa! Te amo xuxu!


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s





%d bloggers like this: