Nomeando algumas coisas… comecemos pela saudade.

Lendo “Através do Espelho” de J. Gaarder, me apropriei de algumas idéias lá expostas sobre a lembrança. A história é sobre uma menininha muito doente, que recebe a visita de uma anjo, ambos querem conhecer mais sobre a realidade um do outro, num determinado dia o pequeno ser celestial questiona a garota sobre como o ser humano consegue lembrar de algo. E ele faz uma análise bastante interessante, de se a nossa mente fosse constituída de pedacinhos que se juntam e formam idéias, quando lembramos de algo é como se esses pedaços se realinhassem da mesma forma que estavam quando o fato que lembramos aconteceu.

Creio que nossa mente realmente poderia ser assim, pois, geralmente ao lembrarmos de algo sentimos basicamente as mesmas coisas que sentimos no momento real do acontecimento. Levando em consideração essa idéia dos “pedaços”, queria falar sobre a saudade, que nada mais é do que uma lembrança que gostaríamos de reviver. Há alguns anos aprendi o que era saudade, felizmente ou infelizmente, e como lhe dar com ela pelo menos de forma parcial. Sentir falta de alguem e não poder imaginar que, logo logo, esse alguem estará de volta.

Algumas vezes a saudade é saudável, pois, dentro de um relacionamento, seja de amizade, familiar ou qualquer outro, muitas vezes só aprendemos a dar valor quando estamos sem ele, essa seria uma saudade passageira aquela que vem por causa de uma viagem ou trabalho, junto a mesma vem o conforto de que um dia passará; mas há também a saudade definitiva, essa não tem um conforto, a não ser a esperança de ficar apenas com as lembranças boas – entretanto isso pode ser um masoquismo, pois, lembrar do bom faz com que você deseje ainda mais revivê-lo – talvez seja mais prático ficar com as ruins, pois sempre queremos esquecê-las, embora isso seja impossivel. O fato é que todos os dias pedaços da minha memória se reagrupam para me fazer lembrar da saudade infinita que sinto, às vezes isso me causa pranto, outras alegria e gratidão, mas aprendi a conviver com eles.

Copyright © Caroline Oliveira – Todos os direitos reservados


Advertisements

0 Responses to “Nomeando algumas coisas… comecemos pela saudade.”



  1. Leave a Comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s





%d bloggers like this: